PROCURA FORNECEDOR?

 

 

SOBRE MANOELA CESAR

Jornalista e cineasta pela UFF, a blogueira Manoela Cesar lançou seu blog de casamento em 2013, o Colher de Chá Noivas, que, com apenas três meses no ar, já figurou como um dos principais sites de casamento do país na busca orgânica do Google.

Colaboradora da Vogue Noivas, Manoela Cesar foi pioneira no Rio de Janeiro ao reunir noivas e fornecedores em um showroom intimista com muita troca de experiência e ideias, o evento WeddingLab.

Como palestrante, Manoela Cesar foi convidada a representar o Brasil na Europa na The Destination International Wedding Conference 2016. Um dos seus diferenciais é o conteúdo de pesquisa histórica, na qual organiza a história do casamento e do comportamento feminino ao longo dos séculos.

 

 

Sobre o blog Colher de Chá Noivas

O Colher de Chá Noivas é um site dedicado aos casamentos criativos, e reúne dicas e inspirações para que os casamentos tenham a cara dos noivos. Fruto de um minucioso trabalho de pesquisa da jornalista carioca Manoela Cesar, o Colher de Chá Noivas reúne dicas e inspirações para noivas criativas, que buscam originalidade sem abrir mão da tradição e da elegância. O Colher de Chá Noivas conta com um selecionado Guia de Fornecedores, pautado pela qualidade e originalidade, seção de downloads e o Colher de Chá TV, com entrevistas e tutoriais. Para aproximar leitoras e fornecedoras, o blog já promoveu cinco eventos: o Un Petit Mariage, na Julieta de Serpa, o Un Mariage au Paradis, na confeitaria Paradis, no Rio, e o Chá de Noivas no MAC, no Museu de Arte Contemporânea, em Niterói.

Em menos de um ano, o Colher de Chá Noivas atingiu o patamar de principal blog de casamento do Rio de Janeiro e já está entre os principais do Brasil, aparecendo com frequência como primeira referência do Google na busca orgânica para blog de casamento. Além dos dados do Google, o blog recebeu o reconhecimento das leitoras sendo indicado e eleito um dos 99 melhores blogs de casamento do mundo em 2012. Acreditamos que este sucesso acontece por estarmos em sintonia com as tendências de personalização das cerimônias e pela blogueira ser uma jornalista com experiência de redação.

Sobre os casamentos atuais

Eles são especiais porque são espontâneos, diferentes das gerações bem anteriores, que casavam por diversas razões institucionais, mesmo sem amor; e bem diferente da geração 70, que disse não ao casamento porque achava que isso era seguir um modelo falido – porque, na maioria das vezes, de fato, não tinha amor. Hoje ninguém mais se casa obrigado, casa-se por amor.

Assim, as festas podem ser o que elas são: uma cerimônia, um rito de passagem, uma celebração do amor livre, que escolhe se comprometer. Fruto de um amor já namorado, experimentado, vivido e aprovado por duas pessoas que desejam se unir e construir uma vida juntos. Uma celebração com a cara dos noivos, que querem dizer sim diante das pessoas queridas. Por isso comemorar e brindar. Porque o casamento marca o início de uma história de amor. É a felicidade compartilhada. Nas palavras da poeta Maria Rezende: “Casar é ser feliz sozinho, mas preferir junto. Por isso, a festa”.