PROCURA FORNECEDOR?

Acerte na escolha do vestido das daminhas

Ter ao seu lado padrinhos e madrinhas impecáveis e daminhas fofamente vestidas na cerimônia é um detalhe que faz muita diferença para o casamento. Por isso, é importante definir o estilo e os tons de cores que os convidados mais especiais do grande dia vão usar. Na série de posts que o site ManoelaCesar.Com começa hoje, vamos falar do dress code para daminhas & pajens, madrinhas e padrinhos. Este ajuste fino contribui para os noivos brilharem ainda mais e faz muita diferença na hora daquela foto de casamento clássica. Nesta tarefa, contaremos com a consultoria luxuosa dos parceiros do nosso Guia de Fornecedores #SeleçãoManoelaCesar2017. No post de hoje, com foco total nas daminhas, quem nos dá consultoria é a empresária Maíra Andrade, à frente do Atelier Mairoca, uma das referências em trajes para crianças no mercado de casamentos carioca. Elencamos então dicas importantes para a escolha da roupa das daminhas para casamentos em 4 estilos: clássico, ao ar livre, praia e serra! Vamos ver?

daminhas-manoela-cesar-4

Casamento clássico

Os casamentos à noite, geralmente de estilo tradicional, pedem um vestido mais sofisticado – e é aí que entram a famosa imagem icônica das daminhas, com saia rodada, tiara no cabelo e ares de princesa. Para Maíra Andrade, à frente do Atelier Mairoca, uma das referências em trajes para crianças no mercado de casamentos carioca, festas à noite combinam com tecidos mais pesados, porém não menos confortáveis, como o cetim, a renda e o shantung. Os sapatinhos estilo boneca finalizam o look clássico com perfeição.

– Os detalhes do modelo, como os laços, podem até combinar com alguma das cores da decoração, mas não é obrigatório. Para as damas, o uso de faixas coloridas na cintura dá um tom alegre à cerimônia e cai muito bem -, explica Maíra.

daminhas-manoela-cesar-1

daminhas-manoela-cesar-2

Assim como no caso das madrinhas e padrinhos, o traje da daminha deve seguir a mesma linguagem do casamento. Para escolher a cor predominante do vestido, é aconselhável que ele siga o tom do vestido da noiva para não criar um contraste estranho e pouco agradável – com a noiva de branco e a daminha de off-white, por exemplo.

Casamento ao ar livre e na praia

Um dos estilos mais em alta nos últimos anos para casamentos ao ar livre é o boho chic, trazendo uma pegada mais natural para o grande dia. Neste caso, o vestido da daminha deve ser mais romântico, com tecidos fluidos e aspecto artesanal. Bordados feitos à mão costumam se destacar neste tipo de traje, principalmente com tecidos como musseline e tule. Para a cabeça, a dica é apostar em arranjos de flores naturais ou os famosos headbands. Nos pés, sandálias mais abertas – se o casamento for integrado à natureza, vale até arriscar de deixar as meninas descalças para completar a experiência.

daminhas-manoela-cesar-11

daminhas-manoela-cesar-9

Outro tipo de celebração que pode pegar as mesmas influências para as daminhas são os casamentos na praia. Como todos estão em contato com a natureza em um ambiente mais despojado, o traje das meninas também pode ser mais casual e, se for do desejo da noiva, em clima tropical. Este tipo de casamento abre espaço para os vestidos estampados, principalmente com flores, e os modelos coloridos, em especial os com tons alegres. No cabelo, que pode ser tanto solto quanto preso em penteados divertidos, vale apostar em uma coroa de flores ou folhagens.

daminhas-manoela-cesar-5

daminhas-manoela-cesar-6

Casamento na serra

Como as regiões serranas são mais frias, é importante manter a daminha bem aquecida durante a cerimônia e a festa. Em um casamento na serra, prefira um vestido armado com mangas compridas ou estilo 3/4 para reter o calor no corpo da menina e deixá-la confortável.

daminhas-manoela-cesar-8

– Caso ela ainda sinta frio, pode colocar um pelerine ou bolero de veludo por cima do vestido. A escolha da cor deste acessório segue a regra da escolha da cor do laço, sendo uma cor da paleta de decoração ou um tom que dê destaque à daminha – conta Maíra. Para finalizar o look, meia-calça para esquentar as pernas e sapatos boneca.

Regra de ouro: conforto em primeiro lugar

Todo mundo sabe que criança adora se divertir, não importa a ocasião. Pensando nisso, a regra mais importante do dress code das daminhas é pensar em um vestido que seja, acima de tudo, confortável. De nada adianta ter um modelo lindo, mas que aperta o corpo da criança e deixa a menina desconfortável na hora de caminhar até o altar – fazendo com que, muitas vezes, ela nem queira participar deste momento tão aguardado ou chore durante o trajeto. Segundo Maíra, a dica é apostar em tecidos leves e que deixem o corpo da criança o mais livre possível para que ela se movimente sem problemas e consiga curtir o casamento – com destaque especial para o tule, que ainda dá um toque lúdico extra para o traje.

daminhas-manoela-cesar-7

Roupa de criança com cara de criança

É muito importante lembrar que, mesmo sendo a daminha do casamento, a menina escolhida ainda continua sendo uma criança e deve se vestir como tal. Para manter o conforto, dispense os acessórios em excesso, ou aquele detalhe que fica lindo, mas que deixa a pele da criança irritada ou coçando. Uma dica valiosa para quem quer conseguir os vestidos volumosos sem sacrificar o conforto da menina é colocar uma anágua removível que, depois da cerimônia, pode ser retirada do vestido para deixar a daminha mais livre.

daminhas-manoela-cesar-3

– Outro detalhe que não pode faltar é o forro na parte interna do vestido. Ele evita que o tecido fique em constante contato com a pele da menina e acabe causando irritação durante a festa -, conta Maíra.

Ícone fornecedores

Fotografia: Adriana Oliveira