PROCURA FORNECEDOR?

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Por Manoela Cesar para O Globo – Caderno Ela

Uma celebração com tudo que um casamento precisa: um casal vestido para casar, com direito a véu, grinalda, bouquet, terno… Uma linda mesa decorada, bolo de vários andares, doces e flores, muitas flores. Um celebrante, fotógrafos, videomakers e… só. Nada de padrinhos, madrinhas, pais de noivos, nem convidados. Uma celebração a sós. Uma troca de votos apenas entre o casal. Como testemunha, uma linda paisagem – na maioria das vezes, em algum lugar distante da cidade dos noivos. Este é o Elopement Wedding, um formato de casamento que vem conquistando cada vez mais adeptos no Brasil.

 

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Renata Maia e Marcelo Costa Albani

Wedding Planner: Fernanda Silva, da Wedding Luxe

Fotografia: Catherine O’Hara

Local: Hotel Shangri-La (Paris)

 

Em inglês, a palavra “elope” significa“fugir” e a expressão “elopement wedding” nos traz a imagem de um casal em fuga para viver um grande amor, sem interferências. Esta imagem faz sentido, especialmente, quando voltamos a época em que esta expressão começou a ser usada, na idade média, quando casamento e amor eram coisas bem distintas. Naquele tempo, o termo era usado para descrever a cerimônia de quem fugiu para casar – muitas vezes deixando para trás um noivo ou noiva de casamento arranjado. A partir da Revolução Industrial, quando as mulheres começam a trabalhar, a ter um salário e a poder escolher seu próprio noivo, o termo foi ganhando um aspecto mais positivo.

Hoje, a expressão é revisitada com uma roupagem descolada e vem como desdobramento natural de outra grande tendência, o destination wedding. Assim, podemos definir o elopement dos tempos atuais como um casamento a dois, discreto, em um destino paradisíaco. Ingredientes perfeitos para atrair a atenção de jovens casais famosos, que desejam fugir dos flashes no dia do sim.

Em agosto, atriz Sthefany Brito oficializou sua união com Igor Raschkovsckyo em uma romântica cerimônia a dois em Montalcino, na Toscana. Em 2016, Marina Ruy Barbosa e Xande Negrão trocaram votos secretos na Tailândia. Na ocasião, Marina foi pedida em casamento durante o jantar que celebrava seis meses de namoro e os votos foram trocados no dia seguinte, em cerimônia conduzida por dois monges budistas, com direito a vestido branco, bouquet e sessão de fotos. O casal jetsetter Isabeli Fontana e Di Ferrero também embarcou no elopement, nas Ilhas Maldivas.

 

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Renata Augusto e Leonardo Lombardi

WeddingPlanner: Fernanda Silva, da Wedding Luxe

Fotografia: Catherine O’Hara

Local: Hotel Napoleon Paris

 

Pioneira em promover a organização de destination e elopment weddings para brasileiros, a wedding planner Fernanda Silva, radicada há 10 anos na Suíça, já realizou mais de 80 elopements na Europa e acredita que este formato íntimo e pessoal vem como consequência de um novo perfil de noivos, mais independente. Assessorado por ela, o casal Renata Maia e Marcelo Costa encontrou no elopement uma equação confortável para uma experiência a dois, com a sofisticação que caberia no bolso.

Hospedados no badalado Shangri-La Paris, com sua imponente decoração rococó, Renata e Marcelo tiveram uma cerimônia conduzida por uma celebrante brasileira, no terraço do hotel, com vista para a Torre Eiffel. Na sequência, a recepção em um salão privativo do restaurante, que contabiliza nada menos do que três estrelas Michelin, contou com uma mesa de bolo decorada e uma mise em place clássica para o jantar dos noivos. O investimento girou em torno de 4 mil euros. Mas fica a pergunta que não quer calar diante de todo elopement: como a família lidou com a situação?

– Não tivemos conflito porque também realizamos uma pequena comemoração familiar na ocasião do nosso casamento civil, aqui no Brasil, então ninguém se sentiu excluído. A família entendeu que era um momento nosso– conta Renata, que acho adorou a experiência e super recomenda. Mas, faz uma ressalva: – Mesmo um elopement precisa contar com a assessoria de uma empresa local, esta curadoria de bons fornecedores é fundamental para evitar surpresas desagradáveis no casamento – alerta.

– Paris foi e a ainda é o principal destino para um elopement wedding, muito porque se trata de um tipo de casamento em que o cenário é quase tão protagonista quanto os noivos, e a capital francesa é cinematográfica – contextualiza Fernanda Silva.

 

 

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Elopement Wedding | A Nova Mania dos Noivos Descolados

Mica Lanna e Daniel Lanna

Fotografia: Duo Borgatto

Local: Igreja de Santo Antonio (Lisboa)

 

Mas, nem só de Paris vivem os “casamentos a dois”. Outro destino que tem chamado cada vez mais atenção dos noivos brasileiros é o queridinho da vez: Portugal. Noiva de Daniel Lanna, descendente de português, Mica Lanna não teve dúvidas quando pensou o destino onde gostaria de trocar alianças, a bela igreja de Santo Antonio, em Lisboa.

– Conheci Daniel em meio a minha trezena de Santo Antonio. Então, não poderia pensar nosso casamento em outro lugar que não esta igreja– comemora.Neste caso, a escolha pelo elopement foi motivada pelo desejo de ter uma cerimônia clean. – Escolhi as flores e fiz o buquê e a lapela junto com a florista portuguesa. Eu e Daniel nos arrumamos juntos, saímos juntos para casar e celebrar. Foi muito especial este momento a dois – conta – Tínhamos desejo de ter este momento significativo, só nosso. E foi assim. Um dia que vai ficar na memória para sempre.

 

Com amor,