PROCURA FORNECEDOR?

Perfil de Fornecedor: Ana Telma Furtado

Não faz muito tempo que a fotógrafa Ana Telma Furtado resolveu assumir sua paixão pela fotografia e deixou-se encantar pela emoção de retratar os momentos mais especiais da vida daqueles que confiam em seu trabalho. Mas não se deixe enganar. Apesar de sua carreira como fotógrafa ter começado apenas em 2009, quando fez os primeiros cliques de uma grávida com uma câmera digital semiprofissional, os anos que seguiram foram de muito trabalho, estudo, dedicação e aperfeiçoamento técnico.

Pingue-pongue---Ana-Telma

Como você descobriu seu amor pela fotografia?

{ Ana Telma Furtado } Sempre gostei de fotografia, desde pequena, mas nunca fiz nenhum curso, pois era tudo muito caro. Comprei minha primeira câmera digital simplesinha depois que comecei a trabalhar e tirava fotos de tudo! Vários amigos diziam que minhas fotos eram bem legais e aí resolvi fazer um curso, em 2008. Daí comecei a estudar fotografia e não parei mais! No ano seguinte comecei a fotografar profissionalmente.

Como você conheceu e se apaixonou pelo mercado de casamentos?

{ Ana Telma Furtado } Foi meio por acaso. Comecei a trabalhar com fotografia de ensaios e fazia ensaios de gestantes, de crianças e ensaios sensuais. Daí que fotografei uma amiga que queria dar as fotos de presente para o noivo, que também era meu amigo. Logo depois eles marcaram o casamento e ele veio conversar comigo, me perguntando se eu poderia levar minha câmera no casamento dele e fazer algumas fotos, já que ele não ia contratar nenhum fotógrafo. Fiquei surpresa, pois nunca tinha pensado em fotografar casamentos… Mas vi que ali seria uma boa oportunidade para treinar! Falei pra ele deixar comigo que eu ia ser a fotógrafa do casamento dele, junto com uma outra amiga do casal. Faltava mais de 6 meses para o casamento, o que me deu bastante tempo para estudar fotografia de casamento. Procurei fazer cursos na área, mesmo sem ainda ter tido contato prático com esse tipo de foto, e me ofereci para acompanhar colegas como segunda ou terceira fotógrafa nos casamentos deles. Também fotografei casamentos da minha família como teste-drive e fiquei muito feliz com o resultado! A partir desse início, montei meu portfólio e comecei a oferecer os serviços de fotografia de casamento.

Como você faz para conhecer os noivos? Bate um papo antes para criar intimidade?

{ Ana Telma Furtado } Eu sou uma pessoa muito tecnológica! Gosto de escrever e adoro a praticidade da internet. Então normalmente troco loooongos emails com meus clientes! A gente vai conversando e a conexão vai surgindo, é natural. Não deixo de fazer atendimentos pelo telefone ou pessoalmente, mas sinto que meus clientes tem a mesma preferência que eu. Vamos conversando por e-mail e nos aproximando. Quando fotografo ensaios, geralmente mando um questionário com algumas perguntinhas para os clientes responderem. Esse questionário é o que me permite ter algumas ideias únicas para a realização do ensaio, de acordo com as respostas e as preferências deles.

No dia do casamento, qual é a sua maior inspiração para fotografar? 

{ Ana Telma Furtado } Eu me inspiro no amor e na personalidade das pessoas. Cada casamento é único, cada cliente é único, não há uma fórmula pronta. Eu fotografo de maneira  espontânea e não-intrusiva, ou seja, não fico interferindo muito nos momentos e não peço para encenarem poses. Vou fotografando a medidas que as coisas vão acontecendo. Se eu ver que alguma coisa vai render alguma foto muito boa ou que eu perdi algum momento interessante, posso até pedir para repetirem, mas dou instruçóes para que as pessoas possam agir naturalmente a fim de chegar o mais próximo possível do original. Quanto mais amor e conexão entre o casal ou família que eu estiver fotografando, eu sinto que mais bonitas as minhas fotos ficam. Eu não faço milagres, apenas retrato o que de melhor aquelas pessoas tem.

O verão chegou e os casamentos em dia estão em alta. Qual é o seu truque para fazer fotos lindas em casamentos diurnos?

{ Ana Telma Furtado } Aaahh, os casamento de dia! Eles são lindos por si só! Eu não preciso fazer nada. As fotos de dia são naturalmente mais bonitas porque elas se aproximam daquilo que nossos olhos estão acostumados a ver. Quando está de noite e temos que utilizar iluminaçao artificial, é preciso saber muito bem dosar o flash ou o led para que o resultado se aproxime de algo bem natural. As fotos com flash mais bonitas são aquelas que você não percebe que o flash está ali. Em casamentos durante o dia, geralmente, não precisamos adicionar nenhuma luz artificial, trabalhamos só com a iluminação natural, o que torna o resultado encantador, na minha opinião. Se tivermos um momento no final de tarde então, é um paraíso! É o momento que a luz está mais suave e mais bonita e podemos fazer imagens lindas com flare e com contornos suaves, o que embeleza mais ainda o sentimentos dos retratados.

Ana Telma 4

Ana Telma 2

Ana Telma 3

Ana Telma 1

Contato

E-mail: contato@anatelma.com.br

Site: www.anatelma.com.br/

Facebook: www.facebook.com.br/anatelmafotografia

Instagram: instagram.com/anatelma