PROCURA FORNECEDOR?

A tradição das joias de família no casamento

Usar uma joia de família no dia do casamento é uma das mais bonitas formas de expressar amor, respeito e carinho pelos antepassados. Como se fosse capaz de evocar toda felicidade vivida em um casamento e refleti-la na geração seguinte, a joia, que passa de mãe para filha, torna-se um símbolo da eternidade, um símbolo do amor eterno. Não por acaso, esta é uma tradição fortíssima na monarquia. Mais do que um adereço para deixar a noiva mais bonita, a joia comunica a continuidade. E uma das tendências mais bacanas na joalheria atual é brincar de reinventar a forma de usar esta joia. Assim, colares viram tiaras, brinco vira pingente e broches viram pulseiras. Este trabalho tão lúdico e especial vem sendo feito com muito carinho por joalheiros como Bibiana Paranhos, Carmen Nazar e Alessandra Cazzaro

joias-de-familia-colher-de-cha-noivas-2

TUDO AZUL: Kate Middleton ganhou do então noivo, príncipe William, o anel de noivado que seu sogro, príncipe Charles, tinha dado à sua sogra, Diana. O noivado de Kate fez a safira azul virar febre nos pedidos de casamento.

– Usar uma joia que já está na família é muito bonito porque ela revela a união, os laços e o apreço ao momento do matrimônio. O valor da joia nāo é só monetário, é o sentimento que faz dela um presente especial – garante Anna Clara Herrmann, curadora do Joia Brasil, considerada a maior exposição de design brasileiro de joias.

Em seu noivado com Kate Middleton, em 2010, Príncipe William não abriu mão do ritual e surpreendeu a todos ao pedir a mão de sua amada com o anel de diamantes e safira que pertenceu à sua mãe, Princesa Diana. E para completar o look, a noiva elegeu a “Tiara Halo”, presente na dinastia inglesa desde 1936, como acessório de destaque – usada anteriormente por Rainha Elizabeth – a Rainha Mãe, Elizabeth II, Princesa Margareth e Princesa Anne.

joias-de-familia-colher-de-cha-noivas-3

joias-de-familia-colher-de-cha-noivas-5

Joias de Alessandra Cazzaro

As joias de família nos casamentos da realeza

A tradição de usar joias repletas de afeto, carinho e história é muito presente nos casamentos das famílias reais européias que, não por acaso, honram suas dinastias ao subir ao altar usando tiaras, coroas, colares e anéis icônicos. Como nos casamentos comuns, a peça passa a ser vista como algo além do símbolo de status social e nobre e passa a refletir um sentimento comum a todos: o amor pela família.

joias-de-familia-blog-colher-de-cha-noivas-1

ATEMPORAL: Princesa Lilian, Rainha Silvia, Princesa Sibylla e Rainha Louise, da família real sueca, usando a mesma tiara.

Princess Charlene and the Ocean Scroll tiara.  It was a wedding gift from her husband, Prince Albert II of Monaco. It can be used as a necklace and tiara.  It was inspired by Princess Charlene's background as a professional olympic swimmer

VERSÁTIL: a princesa Charlene usa a tiara Ocean Scroll, presente do marido, príncipe Albert de Monaco, como tiara e como colar. Imagem: @worldofroyals

A personalização de joias de família para o casamento

Ao receber uma joia de familia para usar no grande dia, algumas noivas vão além e, para dar um toque pessoal ao presente, contam com o talento de um joalheiro para transformá-la em outra joia. Desta forma, pulseiras viram grinaldas, broches tornam-se anéis e colares passam a serem lindas coroas – claro, sem deixar de lado a beleza e a identidade da peça original.

– Existem muitos joalheiros que fazem adaptações e acabam transformando a joia em uma verdadeira obra de arte. Na minha opinião, quanto menor a interferência, melhor. – conta Anna Clara Herrmann.

Uma das joalheiras especializadas em reforma de joias é Bibiana Paranhos, verdadeira queridinha entre as noivas brasileiras – e um dos highlights do primeiro editorial de 2016 do blog, “Uma Noiva Imperial”. Seu trabalho minucioso reflete o cuidado e o respeito que a designer tem com as joias de família que recebe, começando pelo projeto de personalização da peça que Bibiana faz questão de executar juntamente com a noiva.

– Após a avaliação da peça, faço uma proposta de reforma e deixo tudo em ordem para que a joia possa preservar sua utilidade mesmo após transformá-la, caso este seja o desejo da noiva após o casamento. – conta Bibiana. O tempo médio das adaptações da designer são de três meses, mas é importante consultá-la com um tempo maior de antecedência.

joias-de-familia-colher-de-cha-noivas-2

Tiara restaurada por Bibiana Paranhos sendo passada de mãe para filha

Apaixonada por joias desde a infância, Carmen Nazar vive momentos de emoção sempre que faz reformas de joias de família para casamentos – principalmente quando uma de suas queridas noivas é sua própria filha, Beatriz. Para este grande dia tão especial, Beatriz não poupou esforços e cruzou o caminho até o altar usando uma cruz de platina e brilhantes de sua avó, além de brincos solitários e mantilha que Carmen usou em seu casamento.

– Acho muito chique quando a noiva resolve casar com peças da família ao invés de comprar ou alugar as joias, afinal trata-se de uma homenagem. Dá um ar especial ao look completo, então a minha dica é: se você tem, deve usar! – garante Carmen. E para que a modificação da peça saia exatamente como a noiva deseja, é muito importante que todos os mínimos detalhes do projeto sejam repassados com o joalheiro, principalmente o tempo em que a joia ficará pronta.

joias-de-familia-colher-de-cha-noivas-1

Beatriz, filha de Carmen Nazar, usando cruz de platina e brilhantes da avó e brincos solitários e mantilha da mãe.

joias-de-familia-colher-de-cha-noivas-5

Joia de Carmen Nazar

Outra joalheira que deixa-se encantar pela riqueza de tradições das joias de família é Alessandra Cazzaro, tanto que vê nas noivas a maior inspiração para criar suas lindas peças. Para ela, a personalização das joias de família é uma forte tendência tanto para 2016 e dá dicas para quem deseja fazer este resgate.

– Para que o joalheiro possa fazer uma peça bem especial, a noiva que deseja um restauro ou uma transformação na joia (um brinco virar pingengte, colar virar tiara) deve procurar o profissional com, no mínimo, três meses de antecedência – conta Alessandra, que já transformou o broche da avó de um noivo em um lindo anel de noivado. Tem coisa mais encantadora?

joias-de-familia-colher-de-cha-noivas-4

Joias de Alessandra Cazzaro. Créditos de fotografia: Estúdio Caixa de Retratos