PROCURA FORNECEDOR?

Antonieta Nazar + Dimitrios Papageorgiou

Em janeiro de 2009, o casal Antonieta Nazar e Dimitrios Papageorgiou oficializou o noivado como reza a tradição: Dimi pediu a mão de Netta ao pai dela, que, feliz, consentiu. Logo no dia seguinte, a família começou os preparativos. O ponto de partida foi telefonar para o fotografo Renato Moreth. “Marcaríamos a data de acordo com a agenda dele!”, conta Netta. A data foi agendada para setembro, mês de aniversário dela e considerado o segundo mês das noivas. “Além disso, é um mês mais fresquinho”, conta. Com cerimônia agendada na igreja de Sao Vicente de Paula e festa na Maison Cascade,  entraram em cena as cerimonialistas Dorinha e Maria Eugenia, que, na época, trabalhavam juntas na Festas Coordenadas. Netta optou por uma cerimônia com decoração bastante tradicional: flores brancas e verdes, louças finas e muita prataria. Mas, o toque pessoal veio durante a festa. Netta e Dimi ensaiaram uma dança ao som da trilha do filme Zorba, o Grego em homenagem aos pais de Dimi, que são gregos. E, como não poderia faltar, ao final da coreografia teve quebra pratos. O casal comprou 250 pratos especiais para quebrar! Vocês podem imaginar? “As pessoas deliraram com essa surpresa!”, diverte-se a noiva que divide com a gente 10 dicas para as noivas aproveitarem ao máximo este grande dia. Confiram logo abaixo das fotos.

Top 10 dicas da noiva Antonieta Nazar:

  • Afinidade com a cerimonialista: “Tenha afinidade e confiança em sua cerimonialista. Busque conhecer alguns trabalhos dela já realizados para ver se tem o teu perfil.
  • Opções de escolha: “A noiva deve sempre procurar conhecer mais de um fornecedor de cada item e receber deles diferentes sugestões para a festa, pois é muito importante que a produtora de eventos não imponha os detalhes que devem ser escolhidos pelos noivos. Nesse ponto, as minhas cerimonialistas foram maravilhosas”.
  • Tenha o seu dia de princesa: “Este é o dia mais especial da vida de uma mulher, é preciso relaxar e se arrumar em casa ou em um ambiente acolhedor.  Nada do barulho de um salão em meio a muita gente. Faça massagens e tudo o que for possível para relaxar”.
  • Salto de 5 cm: “A noiva tem que aproveitar a festa e dançar muito! Por isso, não colocar sapato de salto alto, 5cm é perfeito!
  • Maquiador perto da pista: “Se puder, deixe alguém disponível durante a festa para retocar a maquiagem. A noiva que gosta de dançar especialmente. Eu não tive retoques e pude perceber pelas fotos que minha maquiagem saiu”.
  • Não esquecer de comer: “Peça para alguém levar comida, principalmente se pretende beber. No calor da festa, a gente nunca se lembra de comer.”
  • Não viajar no dia seguinte ao casamento: “Eu me casei numa sexta e só viajei no domingo. Senão é muito exaustivo”
  • Ouvir várias vezes a música de entrada: “Quem está com medo de chorar ao entrar na igreja deve ouvir várias vezes a música da entrada. Se puder, uns 15 dias antes do casório já comece a ouví- la. Fique tranquila, isso não roubará a indrescritível emoção deste momento”. (Esta é para quem pretende se segurar. Eu chorei muuuito e não me arrependo. Mas de fato nem maquiagem à prova d’ água  fica a mesma coisa depois rs)
  • Mesa de doces liberada: “Eu sempre quis que meus convidados pudesse comer docinhos à vontade, desde o início da festa. Por isso, encomendamos uma média de 4.500 doces variados para 450 convidados”.
  • Fazer um agradecimento geral: “A gente passa muitos meses esperando este momento para depois ter de ir de mesa em mesa em vez de curtir. Algumas pessoas reprovam, mas sou favorável a um agradecimento geral, na abertura da pista de dança.”

Créditos:

Fotos: Renato Moreth

Buffet: Marias e Amélias

Locação: Maison Cascade

Cerimonialistas: Dorinha e Maria Eugenia

Bolo: Casal Garcia

Maquiagem: Milzana e equipe

Vestido:  Glorinha Pires Rebello