PROCURA FORNECEDOR?

Especial Áustria | O casamento da princesa Sissi

Assim como a nossa querida Leopoldina, a Imperatriz do Brasil, a princesa Sissi da Áustria e Hungria também casou-se por amor e deixou sua terra natal para viver uma grande história ao lado de seu marido, Francisco José I da Áustria. Seu casamento, celebrado pelo arcebispo de Viena, é lembrado até os dias atuais como um dos eventos mais belos e memoráveis tanto da Áustria quanto da Europa inteira.

especial-austria-sissi-colher-de-cha-noivas-3

De nome Elisabeth da Baviera, carinhosamente apelidada de Sissi, a jovem vivia no famoso Palácio de Schönbrunn, em Viena, e era conhecida por sua insuperável beleza – digna de contos de fadas – e pela gentileza, sendo assim muito amada por seu povo. Aos 15 anos, durante um encontro despretencioso, conheceu seu futuro marido, Francisco I, filho da arquiduquesa Sophie da Baviera e do arquiduque Francisco Carlos – tios da pequena Sissi. Extremamente vaidosa, a princesa gostava de ser admirada de longe e interessava-se por moda, e não foi de se espantar quando seu casamento, realizado em 24 de abril de 1854, tornou-se um dos casamentos reais mais luxuosos e de beleza jamais igualada.

especial-austria-sissi-colher-de-cha-noivas-2

Casamento de Sissi e Francisco I

Em seu livro recém-lançado “Elisabeth – Empress and Queen”, a autora e expert sobre a vida da princesa, Olívia Lichtscheidel, conta que pouco é sabido sobre o vestido de casamento usado por Sissi, mas, a julgar por seu bom gosto e pelo estilo da época, é provável que ela tenha se casado no estilo “liberty”, que exigia que a noiva fosse uma verdadeira flor: pura como o lírio, nobre como a rosa, delicada como a margarida e apaixonante como a orquídea. Historicamente falando, esse estilo foi imposto pelo Papa Pio XI, em 1854, exigindo que as noivas se casassem de branco como símbolo da imaculada Conceição.

– O que sabemos é que o vestido tinha detalhes em ouro e prata. Fora isso não temos muita informação, mas pela sua formosura, sem dúvida deve ter sido belíssimo. Nas mãos, Sissi levou um bouquet de flores colhidas no dia do casamento”, conta Lichtscheidel.

especial-austria-sissi-colher-de-cha-noivas-4

Vestido usado por Sissi em sua despedida de solteira

Segundo relatos da época, a cerimônia foi um verdadeiro desfile de jóias e trajes elegantes. Muito tímida, o tão aguardado “Sim” de Sissi mal foi ouvido na igreja, ao contrário das palavras de seu marido, que ecoaram de forma forte e convicta. Após a troca de aliança, Francisco I entrelaça sua mão junto a dela e há uma linda troca de olhares, seguido pelas salvas da infantaria e pelo som dos sinos de todas as igrejas de Viena, que anunciavam o acontecimento ao povo austríaco. Já a festa, de tão surpreendente, durou uma semana inteira e teve a presença de grande parte da realeza européia.

especial-austria-sissi-colher-de-cha-noivas-1

Casamento de Sissi e Francisco I

Para viver uma grande história de amor ao lado de seu marido, Sissi também precisou enfrentar diversos obstáculos em seu caminho, tanto pessoais quanto culturais, tendo dificuldades na adaptação com a vida longe de sua terra natal. Para a jornalista Roberta Zlattinger, Sissi em muito se assemelha às jovens apaixonadas da atualidade: “Como nos dias de hoje, elas também foram meninas cheia de expectativas e ilusões, princesas reais que não foram perfeitas. Elas não sairiam de páginas de livros, mas deixaram uma história que, com erros e acertos, pode servir como experiência de vida para muitas jovens modernas e apaixonadas que também carregam seus sonhos”.

Esta matéria é uma colaboração da jornalista brasileira radicada na Áustria, Roberta Zlattinger. Roberta mora em Linz, com seu marido austríaco e um casal de filhos.