PROCURA FORNECEDOR?

Inspire-se na romancista inglesa Jane Austen

Uma das maiores romancistas de todos os tempos, Jane Austen é autora de clássicos atemporais como Razão e Sensibilidade, Orgulho e Preconceito e Emma. Nascida em 1775, Jane foi contemporânea de uma época em que o casamento ainda era uma “obrigação social” na qual a paixão ficava relegada a segundo plano. Suas personagens, sempre heroínas apaixonadas e apaixonantes, sonhavam em poder se casar com o homem por quem seus corações batiam, como o famoso e charmoso Mr. Darcy, de Orgulho e Preconceito, mas para isso tinham de nadar contra a maré dos preconceitos e convenções sociais. Não por acaso, as tramas de Jane sempre giravam em torno dos aguardados casamentos de suas heroínas com seus amores e por isso a inglesa ficou conhecida como “a escritora dos finais felizes”.

Anne Hathaway viveu Jane Austen no cinema

Na vida real, Jane não teve a mesma sorte. Na juventude, apaixonou-se por Tom Lefroy, um homem cujo tio rico não autorizou o casamento. Para evitar que os irmãos pobres de seu amado sofressem retaliações do tio pela desobediência de Tom, Jane, heroína como suas personagens, abriu mão do grande amor de sua vida. Depois disso, Jane nunca mais se apaixonou e por isso não se casou. Ela preferiu lutar por sua autonomia financeira a se casar sem amor. Passou então a se dedicar aos romances e venceu: ganhou reconhecimento internacional e prosperou em sua autonomia. Entre suas frases célebres, está uma que adoro e tem muito a ver com a vida de casada: “It is not time or oppotunity that is to determine intimacy; it is disposition alone | não é o tempo ou a oportunidade que cria a intimidade. É a disponibilidade de cada um.” 

Entre suas outras habilidades, Jane tocava piano maravilhosamente bem. No filme Razão e Sensibilidade, talvez o maior clássico da autora, a protagonista é uma excelente pianista, assim como a autora.

Inspirada em sua história e em seus clássicos – que viraram filmes imperdíveis –, compartilho algumas referências para quem deseja fazer um casamento ultra romântico!

Casamento inspirado em Jane Austen

Filme: The Jane Austen Handbook: A Sensible Yet Elegant Guide to Her World | Filme: Becoming Jane | Filme: Razão e Sensibilidade | Livro: Sense and Sensibility, de Jane Austen | Filme: Orgulho e Preconceito | Filme: Marie Antoinette | Livro: The Regency Style: 1800-1830