PROCURA FORNECEDOR?

Julia & Renato Rezende | Home Wedding

Tradição é uma palavra muito bonita. Remete à história, ao conhecimento transmitido de geração em geração, e me lembra carinho de família em rituais e celebrações nas quais todos param para reverenciar a beleza da vida. Ao olhar as fotos do casamento da Julia com o Renato, belíssimamente clicadas pela fotógrafa Jann La Pointe, a beleza da tradição e do amor em família foi a primeira coisa que me veio à mente. Fiquei embevecida com o zelo, a elegância e o respeito que a família e os noivos tiveram neste grande dia.

Celebrar o casamento na casa em que a noiva nasceu e cresceu e onde sua mãe também havia se casado 29 anos antes foi uma das mais belas formas de homenagear a família. Afinal, além de marcar a união com o grande amor, o casamento também marca a despedida da casa dos pais, não é verdade? Em seu look, a noiva também encontrou formas de render homenagens: usou o anel de noivado que pertenceu a sua avó e que lhe foi dado como presente de 15 anos, e, no vestido (lindo lindo lindo), a cintura foi marcada por uma renda de Bruxellas, bordada à mão, que a avó guardava há 30 anos.

– Minhas joias foram todas de família. O broche de crisálidas e os brincos de crisálidas estão na família há muitos anos, assim como a pulseira de brilhantes. Os ganhei no meu aniversário de 18 anos – conta Julia.

julia_e_renato_0185

Um casamento, sem dúvida, repleto de significado, que ganha força com a história deste amor, capaz de superar dificuldades e limitações impostas pela vida.

– Após um ano e meio trabalhando juntos, ficamos muito amigos. Certo dia, o Renato ficou doente e, como não tem família no Rio, foi para a minha casa para que pudesse ter cuidado enquanto não havia a possibilidade de pegar um avião. Nos apaixonamos nessa circunstância – eu cuidava dele. Quando cedemos a esse sentimento, ficamos cerca de três dias e logo ele me pediu em namoro. Namoramos por 2 anos e quatro meses.

O Renato permaneceu muito doente após aquele início de namoro. Foi internado, ficou três meses de cadeira de rodas e teve ainda um período de recuperação longo após ter alta.

– No hospital, sonhávamos com a vida a dois fora de um hospital. Assim que acabou a recuperação, alugamos um apartamento e marcamos a data do casamento no Outeiro da Glória. Decidimos juntos então naquele momento que casaríamos. Mas, cerca de quatro meses antes do casamento, ele fez um amigo dele me convencer a fazer uma festa surpresa de aniversário para ele (o Renato). Combinei tudo, chamei os amigos e preparei a festa para ele. Quando cheguei na festa que era pra ele, ele me pediu em casamento. Disse que precisávamos daquele momento para lembrar e marcar nossa decisão. A casa estava toda decorada e havia um bolo lindo, branco com rosas, em cima da mesa. Todos os amigos seguravam plaquinhas com os dizeres: “Aceita”, “Casa com o barbudo”. Foi especial – lembra.

– O fato de nos apaixonarmos num momento de tanta dificuldade foi muito marcante. Enfrentarmos tudo isso junto, no início do relacionamento, para depois podermos enfim curtir. E a festa foi incrível! Foi o dia em que vimos a casa da família mais linda. A festa durou cerca de 10 horas. Além disso, pude ver todo o processo de arrumação do casamento, os amigos participaram também pintando a parede do bar nos dias que antecederam a festa. São Pedro contrariou todas as previsões que eram de chuva e nos deu um dia lindo, uma noite de lua cheia! Ficamos todos tomados de emoção. E tivemos a presença das pessoas mais especiais da nossa vida. – conta.

Com receio de incomodar os vizinhos, Julia enviou flores pedindo desculpas pelo inconveniente. Qual foi a surpresa quando recebeu outras flores com os desejos de felicidade e agradecendo a delicadeza de pensar neles!

– Deu tudo mais que certo. Quer dizer, quando cheguei na igreja, descobri que faltava luz na Glória no meu sábado e que havia apenas meia fase para iluminar a capela. À meia luz, entrei com sorriso no rosto. Depois de tantos obstáculos, não era um escurinho romântico que ia atrapalhar o nosso dia, né? – celebra Julia.

Um dica especial para as noivas?

– Comece a se arrumar realmente cedo para ter bastante foto e para não se atrasar para chegar na igreja. Fui surpreendida por um trânsito que atrasou em uma hora e meia a cerimônia. Faça uma lista, do seu próprio punho, das pessoas que você quer tirar foto. Seja firme nas suas vontades! O casamento é seu! Faz parte da sua história! Quem escolhe é você. – enfatiza! Vamos ver?

julia_e_renato_0012

painel jann julia

julia_e_renato_0129

julia_e_renato_0088

julia_e_renato_0109

painel julia jann 2

julia_e_renato_0135

julia_e_renato_0154

julia_e_renato_0186

julia_e_renato_0185

julia_e_renato_0160

julia_e_renato_0244-2

julia_e_renato_0212

julia_e_renato_0262

julia_e_renato_0304

julia_e_renato_0312

julia_e_renato_0469

julia_e_renato_0487

julia_e_renato_0537

julia_e_renato_0515

julia_e_renato_0547

julia_e_renato_0563

julia_e_renato_0860

julia_e_renato_0668

julia_e_renato_0682

julia_e_renato_0685

julia_e_renato_0805

julia_e_renato_0814

julia_e_renato_0849

julia_e_renato_0830

julia_e_renato_0763

julia_e_renato_0848

julia_e_renato_0882

julia_e_renato_1002

julia_e_renato_1023

julia_e_renato_1038

julia_e_renato_1265

julia_e_renato_1266

julia_e_renato_1311

julia_e_renato_1296

julia_e_renato_1239

julia_e_renato_1234

julia_e_renato_1241

julia_e_renato_1343

painel julia doces

julia_e_renato_1290

julia_e_renato_1287

painel jann julia 3

julia_e_renato_1254

julia_e_renato_1258

julia_e_renato_1273

julia_e_renato_1281

julia_e_renato_2124

julia_e_renato_1286

julia_e_renato_2135

julia_e_renato_1672

julia_e_renato_1658

Fornecedores-casamentos-reaisFotografia: Jann La Pointe | Vídeo: V Rebel Cinema One | Igreja: Outeiro da Gloria | Recepção e festa: Casa da Noiva | Cerimonial: Les Amies | Vestido de Noiva: Carol Hungria | Aliança: Antonio Bernardo | Sapato: Schutz | DJ: Bossa Carioca | Beleza da noiva: Andrea Alencar | Bem-casados: Marta Proto e Elvira Bona | Bolo: Regina Rodrigues | Doces: Frances, Louzieh, balas de coco Rosangela Loureiro e suspiros com ovos Herietta Regina Sternberg | Forminhas: mãe da noiva | Paisagismo: Empório Santa Rosa e plantas da própria casa | Móveis: De família; alguns de apoio da Commemorare e da Mineirart 

TAGS: