PROCURA FORNECEDOR?

{lua de mel} Paris – Yes, You Can Travel

Paris, ai ai….Cidade mais linda do mundo, inspiração para qualquer pessoa e um dos passeios mais românticos para um casal. Consequentemente, acaba sendo um dos destinos mais escolhidos pelos recém-casados para uma lua de mel inesquecível. As construções históricas, os parques, os museus, os restaurantes, as ruas pequeninas, as avenidas enormes, as luzes, tudo encanta e causa admiração. 

Inicialmente falarei da hospedagem. Quando fui a Paris ano passado eu optei por alugar um apartamento ao invés de ficar em um hotel. Eu já tenho esse hábito com Nova York e achei que ficar em um apartamento poderia me dar um gostinho maior de como seria morar na cidade, além de ser mais barato que hotéis em geral. Nesse caso, eu indico os apartamentos como os Flats Villa Paris, que são gerenciados pela Flavia Bernardes, uma grande amiga que mora há anos em Paris e tem apartamentos para aluguel por temporada para todos os gostos e em bairros diversos.

Agora, se você quiser usufruir de todo o conforto possível, sem se preocupar em cozinhar ou arrumar a casa, o melhor é ir para um hotel mesmo. Para casais, indico o Millesime Hotel, dica de uma amiga que já ficou algumas vezes lá e amou. O hotel é super bem localizado, os quartos são bem cuidados e decorados e tem um café da manhã gostoso. Outra dica é o hotel Castille.

 Com relação a passeios, a lista é interminável porque em Paris até andar na rua sem destino certo é um bom programa! De cara eu indico os passeios que são mais distantes e nos quais se leva pelo menos metade de um dia para se fazer, mas que valem muito a pena, como a ida aoPalacio de Versailles, aos jardins de Giverny (os famosos jardins pintados por Monet!) e à Disneyland Paris (para os aficionados por um parque, como eu). O Palacio dispensa comentários, é deslumbrante desde a entrada e além do valor histórico (incluindo o famoso salão dos espelhos), temos lá um jardim enorme e que rende fotografias inesquecíveis! Se você tiver preguiça de andar o jardim todo, vale alugar um carrinho de golfe e otimizar a visita, passeando pelo jardim todo em cerca de 1h30.

Na cidade mesmo, há diversos “must-do”, como a ida à Torre Eiffel (tem que subir ao menos uma vez na vida) e ir ao Trocadéro tirar fotos de perder o fôlego (bairro que fica localizado em frente à Torre); andar pela Champs Elysees até o Arco do Triunfo, ir ao Louvre, ao Musée de L’Orangerie, aoMusée D’Orsay, ao Centre Georges Pompidou e ao jardim de Rodin (tem um museu também, mas o jardim com obras a céu aberto é bem melhor), passear pelos jardins de Luxemburgo, ir ao Grand Palais, à place de la Concorde, à Sacre-Coeur, à Notre-Dame; passear pela Pont Neuf e pendurar um cadeado na Pont des Arts; passear pelos bairros de St. Michel, Saint Germain de Près, Opéra e Marais. Todos esses passeios são ótimos para se fazer a dois! E apesar de Paris ser uma cidade cara, ainda vale uma visita à Printemps, à Galleries Lafayette e às lojas H&M e Zara espalhadas pela cidade!

Para comer, nada mais romântico do que os pequenos bistrôs franceses, com cardápios escritos à mão no quadro negro e que mudam a cada dia, de acordo com os ingredientes mais frescos disponíveis!  Boas indicações e que não levam ninguém à falência são o La Barouge, que fica dentro da área gourmet da Galleries Lafayette; o restaurante L’epi du Pin, com atendimento perfeito e comida maravilhosa, o Louise com atendimento feito pela dona e o melhor tartar de carne da vida (nao tem site, mas segue o endereço: 8, Rue Croix des Petits Champs),  o Les Fines Gueules, fora as pâtisseries e os deliciosos e inconfundíveis macarons da LaduréePierre HerméFauchon, os crepes de nutella que vendem a cada esquina (deliciosos) e os pães maravilhosos que você encontra em qualquer lugar. Aliás, essa é a maravilha de Paris, você entra em um lugar qualquer e pede um pao com queijo e o pão é maravilhoso e o queijo é daqueles saborosíssimos super difíceis de encontrar aqui no Brasil, ou seja, uma alegria a cada esquina.

Uma dica se você for em lua de mel durante os meses mais quentes é aproveitar para fazer lanche ou piquenique nos diversos parques da cidade, não há nada mais criativo e gostoso. Em meses de temperaturas mais amenas, vale sempre sentar em um dos cafés franceses, pedir um cappuccino e ficar vendo o vai e vem dos parisienses. E sempre levar guarda chuva! Paris é uma cidade que chove do nada e é sempre bom estar prevenido.

Bon Voyage!

Se você ama viajar, visite o blog do casalYes, You Can Travel