PROCURA FORNECEDOR?

Península de Setúbal: vinhedos, quintas seculares e o mar


Em agosto do ano passado, a Vogue italiana fez o maior barulho no mundo todo com o lançamento de uma dupla de capas bombásticas. A estrela? Madonna e sua vida em Portugal. A diva do pop pousou com exclusividade para as lentes do duo de fotógrafos Mert & Marcus acompanhada dos filhos em paisagens de sonho: jardins lindamente trabalhados, montanhas a perdes de vista, gramados verdinhos, quintas seculares como pano de fundo.

O que pouca gente sabe é que o cenário escolhido, uma bela propriedade no coração da Serra da Arrábida, na Península de Setúbal, está de portas abertas a quem queira comemorar, em meio a 600 hectares de natureza exuberante, os melhores momentos da vida. Cavalos, carruagens e um belo casarão do século 18 completam a paisagem na Herdade do Peru, nossa primeira parada ao desembarcar em Portugal, onde fomos recebidos para um belo welcome brunch organizado pelo grupo Imppacto Weddings.

Para quem cruza o Rio Tejo rumo ao sul, a partir de Lisboa, o Alentejo – literalmente “além do Tejo” – se apresenta sob a forma de montanhas verdejantes, praias idílicas escondidas aqui e ali (uma delas, Galapinhos, eleita a melhor da Europa em 2017) e um mar de vinhedos que suavemente sobe e desce colinas. Dona de duas zonas vinícolas rotuladas como Denominação de Origem Controlada – DOC Palmela e DOC Setúbal –, a região é a casa de uma das mais carismáticas e tradicionais vinícolas portuguesas: a José Maria da Fonseca.

Fundada em 1834 em Vila Nogueira de Azeitão, a adega, prestes a completar dois séculos de idade, escreve, entre colheitas e brindes, a história de seis gerações da mesma família. Ali, uma casa-museu do século 19 recuperada em 1923 pelo arquiteto suíço Ernesto Korradi, nos recebe com sua fachada recheada de azulejos e as tradicionais salas de envelhecimento de vinhos icônicos – entre eles, o Piriquita e o famoso Moscatel. Degustações e provas especiais são o happy end perfeito.

Menos de 10 quilômetros separam a vinícola de uma bela novidade na região. Ao cruzar o portão do Hotel Casa Palmela, somos escoltados por frondosos vinhedos e a sensação é de entrar num portal do tempo. Instalada em uma quinta de 70 hectares, a casa senhorial do século 18 é a promessa de dias inesquecíveis, entre mergulhos na piscina, passeios de bicicleta, de barco ou a cavalo e saborosos piqueniques entre as videiras.



RealizaçãoDestination Wedding Lab Rio-Lisboa 2019, por Manoela Cesar | LocalSetúbal – Herdade do Peru, Vinícola Jose Maria Fonseca, Casa Palmela| Organização: Grupo Imppacto Fotos: Duo BorgattoSabrina Vasconcelos e NJ Mattos Photography 

Contate as empresas mencionadas na matéria