PROCURA FORNECEDOR?

Perfil de Fornecedor – Jardim Flora Wedding

Jardim Flora Wedding é uma empresa de design floral com conceito boutique em Lisboa, Portugal, que conta com uma tríade que ama o que faz: Monique ReisFernanda Maron e Roberta Bevilacqua. Nela são desenvolvidos  produtos diferenciados, embalagens únicas, arranjos personalizados. Os serviços: assinaturas de projetos para empresas e residências. Além de decoração floral de espaços e ambientes,  de eventos, encomendas especiais, consultoria paisagística e, claro, casamentos.

Conversamos com Monique Reis, a brasileira que aterrissou em Portugal, apostando todas as fichas no destination wedding. Confira!


Como iniciou a paixão pelas flores e o trabalho de florista? Conta um pouco da sua história.

Iniciei a minha paixão pelas flores quando comecei, no Rio de Janeiro, a fazer decoração de festa infantil. Percebi que, durante o processo de criação da decoração infantil, o que mais me encantava era a parte floral: escolher a paleta de cores das flores para o evento, fazer a seleção e ir às compras. Foi então que abandonei de cara a decoração infantil e me dediquei a estudar e conhecer esse mercado floral que tanto me encanta.

Onde busca inspirações para seu trabalho?

Gosto de acompanhar as referências internacionais e do estilo desconstruído. Fujo do tradicional. Adoro arranjos que tenham caimentos, acho maravilhoso poder usar o  movimento de uma flor. Galhos e sementes sempre estão nos meus projetos. Gosto de arranjos com flores frutas.

Como se deu a entrada na Jardim Flora?

Já acompanhava do Brasil, antes mesmo de me mudar para Lisboa, o trabalho da Jardim Flora. Me identifiquei com os estilos de arranjos e, desta forma, fui conhecê-las pessoalmente. Costumo dizer que formamos literalmente um casamento, pois somamos experiências: eu com a minha experiência como designer floral de casamentos  realizados no Brasil, e, a Jardim Flora, com o modelo de negócios floral que sempre admirei.

Por que o mercado de casamento?

Sem sombra de dúvidas pela riqueza de detalhes de um projeto floral para casamentos. Sou apaixonada pelas infinitas possibilidades em um casamento.

O que vê como tendência para este ano no que tange da design floral e casamento?

Na minha opinião menos é mais. E cada vez mais gosto do desconstruído, do orgânico – como seu tivesse acabado de colher no jardim. Aliás isso é um detalhe particular meu : adoro descobrir flores e folhagens do local que eu estiver trabalhando.

Qual a diferença da noiva brasileira e da noiva portuguesa?

Acredito que as brasileiras gostam de projetos mais robustos. No Brasil acabamos tendo que transformar muito mais o local. Já as noivas portuguesas são mais favorecidas no quesito lugares. Portugal, com seus Palácios e Quintas já fala por si só.

Quais os desafios de trabalhar nesses dois países?

No Brasil, especificamente no Rio de Janeiro, me sinto em casa. Conheço os fornecedores – que acabaram virando amigos – e, por isso, a facilidade de conseguir determinadas flores. Em Lisboa estarei começando do zero. Lógico que estar com a Jardim Flora será muito importante para unir a minha experiência com o conhecimento local que elas possuem para compras.

Como é trabalhar destination wedding e elopement wedding?

Tive a sorte de ter como fada madrinha a querida Rosada Dana, cerimonialista no Brasil, que sempre me apoiou e sempre acreditou no meu trabalho como designer floral. Será um grande prazer poder mostrar o meu trabalho floral fora do Brasil.