PROCURA FORNECEDOR?

Perfil de fornecedor: Lanna Corrêa

A sensibilidade de design, marca registrada da decoradora Lanna Corrêa, foi lapidada durante os estudos na Escola de Belas Artes, curso que concluiu na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – onde agora estuda Arquitetura e Urbanismo, e é constantemente exercitada na sua experiência no mercado de eventos. Atual membro da IAWPSD (International Alliance Of Wedding Planners, Stylists And Designers), Lanna é designer de eventos desde 2008 e tem em seu currículo mais de 100 casamentos. Hoje, esta decoradora de casamentos compartilha com a gente um pouco mais sobre sua trajetória e dicas, vamos ver?

Guia---Lanna

Como a decoração entrou na sua vida?

{ Lanna Corrêa } A decoração me acompanha desde criança. Minha mãe me levava para passear no Casa Shopping e na Tok Stok nos finais de semana, mas a gente só olhava as vitrines e pegava ideias para colocar na nossa casa. Quando adolescente, comecei a trabalhar dando aulas de informática aos 14 anos e usei meu primeiro salário para comprar uma poltrona para o meu quarto. Quando fui morar sozinha, enquanto cursava a faculdade de Direito, tive o desafio de decorar minha própria casa e, quando todo mundo achava que aquela tinta verde turquesa ia ficar horrível na minha sala de jantar, eu provei que ficava era lindo, isso sim! Aos domingos eu ia à feira, comprava flores e fazia meus primeiros arranjos.

Qual foi o momento em que a decoração deixou de ser um hobby e se transformou em uma carreira?

{ Lanna Corrêa } Não imaginava trabalhar com decoração, mas a vida dá voltas. Quando as decepções com o mundo jurídico vieram, olhei para dentro e vi que poderia tentar fazer diferente. Fui a Holambra (SP) fazer meu primeiro curso de arte floral em 2008 e, em 2009, aproveitando minhas habilidades com informática, fui uma das primeiras a adotar o projeto em 3D para meus clientes. Mantive dois empregos para ter fôlego financeiro para montar meu acervo de peças de decoração e cursei um MBA em Gestão de Negócios para aprender a administrar os projetos e a parte gerencial e financeira. Depois, voltei à universidade: primeiro em Cenografia e depois em Arquitetura e Urbanismo, onde me encontro muito feliz hoje, expandindo horizontes e ganhando conhecimento para fazer o que eu sei fazer melhor: desenhar ambientes lindos para realizar sonhos neles.

A relação com o casamentos foi amor à primeira vista?

{ Lanna Corrêa } O mercado de casamentos é apaixonante! Tenho certeza que muitas outras histórias são parecidas com a minha, pois foi quando fiquei noiva que vi que esse era o meu mundo!

Como é o contato com os noivos e como os seus projetos de decoração são desenvolvidos? 

{ Lanna Corrêa } Começo fazendo uma reunião de apresentação com os noivos, em que mostro meus projetos, minha forma de trabalhar e como vamos crescer juntos durante esse período de preparativos. Depois marco uma visita técnica no local onde será o evento, para conhecer as necessidades do ambiente e fazer uma planta 3D. Então, encontro novamente os noivos para saber tudo o que eles imaginam para o seu casamento, e o meu questionário é bem grande mesmo! Assim dá para saber como eles idealizam a festa e, de quebra, conhecer um pouco mais sobre eles. Depois vem as partes de apresentação, em que mostro a planta 3D para os noivos com todo o projeto já montado e como a festa ficará. E então vem o Dia D, onde a montagem é feita e tudo se transforma.

Seus projetos têm um toque lúdico. O que te inspira e te move ao criar cada projeto?

{ Lanna Corrêa } Eu me reúno com os noivos e descubro exatamente sobre o que eles gostam, o que não gostam e o que esperam que a festa de casamento seja, então é importante conhecer o casal um pouco mais. Gosto de saber o que eles fazem no final de semana, como se divertem e como é a relação deles como um todo, para poder refletir a vida deles na decoração. Depois, peço a eles fotos de inspiração e oriento que eles criem um Pinterest de casamento e compartilhem comigo, assim eu vejo em tempo real o que eles fazem e do que gostam. A paleta de cores, desenvolvida juntamente com eles, vem depois que eu sinto o clima do casamento e crio o que eu chamo de “moodboard”, onde junto as sensações e desejos do casal com imagens inspiradoras. Aí entram as revistas de casamento, de decoração, de arquitetura, os sites e publicações estrangeiras e tudo mais que ajudar a inspiração chegar. Também gosto de parar e andar um pouco, ver pessoas na rua. É um processo demorado, já que se trata de uma fase criativa, mas é muito gostoso e recompensador passar por ele, especialmente quando os noivos recebem o projeto e amam logo de cara.

Você viaja bastante e já conheceu mais de 30 países, como isso ajuda você na sua carreira?

{ Lanna Corrêa } Tudo é inspiração, por isso eu amo viajar e ver coisas diferentes. Já fui à feiras de decoração na Escandinávia, mostras de flores na Holanda, visitei lojas “trendy” na Finlândia, fui ao mercado de flores da Inglaterra e a lista só aumenta. Além de fazer parte do IAWPSD (Internacional Alliance of Wedding Planners, Stylist and Designers) e ser certificada pela UK Academy of Wedding & Event Planning como Event Designer, que sempre manda informativos exclusivos de tendências pela Europa e Estados Unidos em termos de casamento. Sou a única brasileira que participa do projeto e tudo mexe com a nossa capacidade de criar, de inventar coisas novas e trazer ideias para os projetos que estão em andamento – e os que ainda estão por vir.

Algum conselho para os casais que estão começando a dar os primeiros passos nos preparativos do casamento?

{ Lanna Corrêa } Guardem imagens de tudo que gostam! Não precisa ser só no estilo que gostam, no local ou na cor que escolheram. Se gostam de um arranjo, separem. Se viram uma sala de estar bonita em uma vitrine, tirem foto e guardem. Se gostaram de algo e não sabem exatamente o porquê, separem também. Depois, revejam essas fotos e percebam o que não gostam mais, é normal o gosto ir mudando e se ajustando ao processo. Outra dica é não ignorar o que gostam, porém acham que não vai combinar com o casamento. Às vezes um item que os noivos acham que não combine pode indicar outras coisas para o decorador, já que mostra os gostos do casal e ajuda na leitura do perfil dele.

Você é entusiasta dos casamentos ao ar livre. Qual seria a decoração ideal para esse tipo de casamento?

{ Lanna Corrêa } Casamentos assim são sempre muito convidativos para um ambiente alegre, então sugiro misturar cores. Isso pode gerar uma decoração romântica ou uma decoração mais forte, mas sempre fica lindo em um casamento diurno com muitas cores. Também adoro aproveitar a informalidade desse tipo de evento para criar lounges gostosos, mesas de doces mais despojadas e usar elementos alegres, como bandejas coloridas e objetos de decoração diferentes.

Lanna 1

Lanna 2

casamento azul e rosa publicado no blog de casamento Colher de Chá Noivas

casamento azul e rosa publicado no blog de casamento Colher de Chá Noivas

Quer conhecer melhor o trabalho da Lanna Corrêa? Entre em contato:

Telefone: (21) 97133-4028

E-mail: lannacorrea@gmail.com

Site: www.lannacorrea.com.br/

Facebook: www.facebook.com/lannacorreacenografia